ADOÇANTE: mocinho ou vilão?

sexta-feira, fevereiro 15, 2013 Daniela Oliva Roma 8 Comentários

Hoje em dia, há um grande número de pessoas consumidoras de adoçantes artificiais. Principalmente quando iniciam uma dieta de emagrecimento, logo pensam em cortar o açúcar refinado acreditando ser ele um dos vilões da dieta.

E se eu te contar que o adoçante pode prejudicar mais a sua perda de peso do que imagina?

Quando consumimos o adoçante, os receptores de sabor que estão na língua, sentem o  sabor doce como se fosse o açúcar. Então nosso organismo entende que estamos consumindo o próprio açúcar, e que portanto  irá receber a energia proveniente dele. Mas sabemos que isso não irá acontecer, já que o adoçante tem zero caloria. Nosso organismo se prepara para receber essa energia que não ocorre e para compensar essa “engano”, irá gerar o aumento pela  vontade de ingerir outros alimentos fonte de energia como massas, pães e doces.

Ao mesmo tempo em que o organismo “espera” a energia proveniente do açúcar, ele produz insulina em grande quantidade. A insulina é o hormônio responsável pelo transporte do açúcar do sangue para células que irão depositar gordura. Portanto, quanto mais insulina produzirmos, mais o organismo irá armazenar energia dos alimentos em forma de gordura, principalmente no abdômen!

Outra situação em que o adoçante pode “atrapalhar” a perda de peso, é pelo fato que nosso organismo acumula toxinas no tecido de gordura, e o adoçante é um produto sintético, reconhecido como tóxico para o organismo, fazendo com que este seja armazenado na gordura, e dificultando a eliminação dessa toxicidade e consequentemente a perda deste tecido.

Outra preocupação na recomendação do uso de adoçante, é que alguns podem trazer riscos a nossa saúde, por serem extremamente sintéticos, os mais comumente utilizados são:

Aspartame: Possui uma toxina que pode destruir neurotransmissores  que compõem nosso sistema nervoso.  Já existem alguns estudos comprovando o consumo frequente deste adoçante em longo prazo, com doenças como Alzheimer, câncer, esclerose múltipla, entre outras.  Além de ser muito prejudicial também na gravidez: os efeitos do aspartame podem passar diretamente para o bebê e também causar danos a formação cerebral dele. Algumas informações ainda são inconclusivas, mas de qualquer forma a recomendação como qualquer produto aritifical,é evitar o excesso.

Sacarina sódica e ciclamato de sódio: como o próprio nome já diz, é a base de sódio. O sódio pode contribuir para o aumento da pressão arterial e retenção de líquido, causando inchaço. Nos Estados Unidos este adoçante já foi proibido devido constatações de danos à saúde.

 E aí você pergunta, mas nenhum adoçante é bom para a saúde? E precisa restringir o açúcar refinado, faz o quê? A natureza é perfeita. Existe o adoçante a base de esteviosídeo, extraído de uma planta chamada estévia. Possui o poder de adoçar 300 vezes mais que o açúcar e é zero caloria. Indicado principalmente para gestantes, por ser natural.

Outra opção saudável, é o adoçante a base de sucralose. Considerado saudável por ser derivado da cana de açúcar. É artificial, mas nosso organismo tem capacidade de eliminar, ao contrário dos outros artificias, que são armazenados como toxinas.

O ideal é evitar os “códigos de barras”, ou seja, evitar o consumo de alimentos artificias e industrializados. Procurem dar preferência a alimentos in natura, que são verdadeiramente benéficos a saúde e trazem nutrientes que nosso organismo realmente precisa!

E lembrem-se, consulte um nutricionista para adequar sua alimentação, e principalmente, indicar se há necessidade e qual a melhor opção de adoçante para a sua saúde!
Cada indivíduo tem sua particularidade e isso deve ser respeitado!

Texto: Heloisa Teves Scattini CRN3-21611 Nutricionista Clínica, especialista em atendimento nutricional e Pós graduanda em Nutrição Clínica Funcional.
Imagens: Google

Assuntos Relacionados

8 comentários :

  1. Oi Dani!
    Gostei muito do post, me tirou muitas dúvidas!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm gostei viu? Não sabia disso!!!
      Beijos

      Excluir
  2. meu médico falou mesmo mal do adoçante com aspartame! assim como a coca cola zero que tem aspartame na fórmula!
    bjoo

    Tiemi
    rosebox.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! E tanta gente toma, inclusive eu! =(
      Obrigada por comentar! Beijos

      Excluir
    2. Pois É Tiemi, a coca cola zero chegou a ser proibida a comercialização nos EUA no ano passado por causa do adoçante...

      Excluir
  3. Todos falam mal mas é difícil saber exatamente, agora entendi perfeitamente AMEI....Bjkas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom!!! Acho que a Helo terá que virar colunista haahahah Beijos

      Excluir
  4. EXCELENTE post, Dani. Eu fui educada desde bem pequena a só tomar adoçante, por isso tenho total dificuldade de colocar açúcar em sucos, etc. Apenas doces não me incomodam. Mas é complicado, pois reconheço os malefícios e já sofro com alguns deles, já que o uso é de longa data. O que acabei fazendo foi parar de usar ao máximo o adoçante, consumindo os produtos sem adicionar nada (isso vale pra limonada, que eu adoro hahaha).
    Ao menos Stevia é uma delícia! /o/
    Beijo!

    www.dicasdamag.uni5.net

    ResponderExcluir