Os mitos sobre a Cinta Pós Operatória

quinta-feira, julho 23, 2015 Daniela O. R. 0 Comentários

Como todas sabem, tive meu filho por meio de cesárea, que foi escolhido por mim desde o primeiro dia que soube estar grávida. O assunto de hoje é sobre usar cinta no pós parto ou pós operação qualquer. Meu obstetra disse na época que não era para eu usar, pois a volta da barriga não teria a ver com compressão da mesma.

Tanto no pós-parto quanto em qualquer operação como a lipospiração, dois conceituados médicos foram convidados pelo BelezaF5 para conversarem mais sobre o assunto e tirarem suas dúvidas. 


O Dr. Carlos Bautzer, cirurgião plástico, diz que a cinta pós operatória pode ser usada no máximo por 45 dias após uma lipoaspiração ou lipoescultura. Quando mal utilizada pode prejudicar o resultado, causando aderências ou até fibrose. Estudos recentes demostram que não há benefícios no uso prolongado da cinta cirúrgica, mas sim a drenagem linfática precoce associada a uma movimentação orientada, acelera o processo de cicatrização. Um outro assunto muito questionado é sobre a cinta modelar o corpo. O uso da cinta serve para permitir uma compressão moderada, sobre uma região lipada, por exemplo, diminuindo o inchaço excessivo causado pela cirurgia. Ela não modela.

No Pós Parto, o Dr Renato Gil Nisenbaum, ginecologista e obstetra atuante, sempre sugeriu para suas pacientes à evitarem usar cinta. Ele deixa claro que o fato de muitos pensarem que usando a cinta a barriga voltará mais facilmente é apenas uma fantasia. O uso da cinta é extremamente desconfortável no pós-parto, principalmente pelo fato do abdome estar muito sensível pela cirurgia (cesariana) e do útero ainda estar bastante aumentado. Não é fácil colocar e/ou retirar a cinta. Além disso, muitas vezes essa compressão acentuada causará grande desconforto para respirar. As pacientes nesta fase costumam dormir mal, se alimentar mal, e incluir em sua rotina algo que não trará benefícios e que lhe tomara tempo, acho algo sem sentido.

"Nas cirurgias ginecológicas temos muito cuidado com a hemostasia, para evitar a ocorrência de hematomas", diz o Dr. Renato Gil Nisenbaum. Esse cuidado muitas vezes não é possível de ser realizado em outros tipos de cirurgia, como por exemplo uma lipoaspiração. Nesta situação, seria então interessante usar a cinta, para evitar um sangramento mais acentuado, fato este que não costuma ocorrer apôs a cesariana. 


Uma sugestão do Dr Renato Gil Nisenbaum é usar calcinhas mais altas com elástico, como eu usei e já mostrei aqui no blog

Para quem quiser conhecer ambos os médicos, seguem os sites:

Dr. Carlos Bautzer: http://carlosbautzer.com.br/
Dr Renato Gil Nisenbaum: http://www.drrenatonisenbaum.com.br | Facebook: Dr Renato Nisenbaum - telefone: (11) 3822-0545

A propósito, o Dr. Renato é o meu ginecologista, sempre indico para minhas primas e amigas. Super de confiança viu? E com certeza o melhor. Seu consultório é no bairro Higienópolis e exames de ultrassonografia ginecológica e obstétrica, exames de Papanicolaou, pesquisa do vírus HPV, inserção de DIU, implantes e cauterizações de lesões na região genital são realizados lá, para maior comodidade, satisfação e precisão dos diagnósticos. 

Fotos: Reprodução

Aproveite para me seguir no Instagram e não perder nenhuma novidade: @belezaf5

Assuntos Relacionados

0 Comentários :