Adote um pet, não compre!

sexta-feira, abril 01, 2016 Zillá Oliva Roma 2 Comentários


Olá!Hoje vamos falar sobre adoção de pets, ou seja, o papo é sério.

Há MUITOS cachorros e gatos em abrigos e ONGs esperando por uma chance...=(. Por isso sempre enfatizo e incentivo a adoção de pets, e há muitos motivos para isso.

Sei que muita gente nem sabe dessa possibilidade, então estou aqui para informar a respeito. A campanha pela adoção de pets é muito ampla, indo desde eventos até sites de adoção. Um deles é o ADOTACAO (www.adotacao.com.br), onde, graças a DEUS, eu encontrei a minha Gordinha <3.
Há muuuitos outros site para isso, por exemplo os mencionados neste link:

http://www.guiadasemana.com.br/em-casa/noticia/veja-onde-adotar-cachorros-e-gatos-em-sp

Tem gente que não pensa em adotar porque quer uma raça específica, ou por preconceito mesmo, do tipo "não preciso disso" ou "não quero pegar um pet velho, quero um filhote". De verdade, depois que eu peguei a Lolla, nunca mais vou querer saber de filhote, rs.

Como todos sabem, filhotes costumam destruir TUDO, inclusive a cama onde dormem. Fora que o pet mais velho costuma ser mais maduro :P

Não gosto de pensar nisto, mas sei que num dia a Lolla se irá, assim como todos os outros pets e nós mesmos. Já penso em adotar novamente quando isso ocorrer, inclusive algum pet velhinho, para passar seus últimos tempos de vida com muito amor e aconchego - ou até mesmo um com algum probleminha de saúde ou deficiência. Carinho e amor posso oferecer e o pet ficará eternamente agradecido.
Claro que o ato de adotar deve ser o mais consciente possível, inclusive se costuma exigir que o pretendente responda a um questionário, às vezes até deve fazer uma entrevista, para que se tenha certeza sobre o perfil e rotina da pessoa.
E isso não só pra saber se a pessoa pode maltratar o bichinho. Fazer mal a um pet não é só bater nele ou deixá-lo passar fome, mas também o desleixo, a negligência e o desdém.

Os pets precisam de boa alimentação, socialização, cuidados veterinários, atenção, etc. Não adianta adotar (ou comprar) só pra postar foto nas redes sociais. Isso é só a cereja do bolo.

Você pode adotar inclusive um animal com pedigree, porque há muitos abandonados (acreditem). Mas a maioria costuma ser mestiço, fofos igualmente.

Gostaria de falar aqui, também, sobre um problema que muita gente não conhece: canis costumam fazer cruzamentos inclusive entre cães da mesma família, o que acaba causando problemas genéticos...Isso quando não há exploração e maus tratos :(

Assim, SE VOCÊ FOR COMPRAR UM PET, procure saber da procedência do bichinho e tal...porque por trás de um pet fofinho, pode haver algo MUITO GRAVE.

Enfim, hoje o assunto foi mais sério e serve como alerta. Se vocês já tiverem experiência em adoção de pets, deixem algum comentário e compartilhe-a.

Beijo e até semana que vem,




Assuntos Relacionados

2 comentários :

  1. Muito legal e informativo esse post!
    Sou contra a compra de animais como se fossem objetos. Mas se forem comprar, ok... tem que procurar saber mesmo a procedência!
    Com certeza a adoção é o melhor a ser feito, muitos pets precisam de um lar e principalmente viver com dignidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Bete! Muita gente não entende que os pets não são objetos. Aliás, muita gente tem certo preconceito com a adoção, principalmente porque normalmente os cães pra adoção não são filhotes ou porque não têm os traços/a aparência esperada...o que é absurdo. Por exemplo, filhos. Dá pra escolher os traços que o filho terá? Claro que não, né. Que bom que você tem essa concepção. Beijos.

      Excluir