Frio pra cachorro! Cuidados com o cão durante o inverno.

sexta-feira, julho 01, 2016 Zillá Oliva Roma 0 Comentários


Olá!

Hoje vamos falar sobre os cuidados que se deve ter com nossos cães na época do inverno, principalmente com os filhotes e os idosos. Os cães mais velhos costumam sofrer com artrose especialmente no inverno. Além disso, sentem mais frio, porque sua pelagem  não é mais eficiente, porquanto sua camada de gordura não é tão espessa e seus  músculos se encontram atrofiados, diminuindo seu metabolismo.

Segundo a médica veterinária Fabiana Zerbini, da Virbac do Brasil, os problemas que mais comumente se apresentam nos cães neste período são: dificuldades respiratórias, tosse e secreção nasal. Especificamente em relação aos problemas respiratórios, eles ocorrem com maior frequência no inverno em razão das baixas temperaturas e da baixa umidade do ar. Neste  ponto, a veterinária faz um alerta para doenças virais transmissíveis pela via respiratórias, especialmente para a cinomose, virose altamente contagiosa que acomete cachorros mais jovens, podendo levá-los à morte. Também informa que os dogs ficam mais propensos a contrair traqueobronquite (gripe canina). Assim, fiquem atentos à carteira de vacinação do seu cão: tanto a cinomone, quanto a gripe canina, pode ser evitada com a vacinação adequada.  

Algumas dicas – importantíííssimas! - que a veterinária nos dá são:

- manter a cama do pet sempre limpa e quente, com edredom/manta (evitar que o colchão fique em contato direto com o chão frio: uma dica é utilizar um estrado embaixo da cama);
- não deixar que ele tenha contato com chão/superfície gelada (colocar sempre um cobertor);
- se seu cão tiver pelos mais curtos, só cobertor não resolve, fazendo-se necessário usar uma roupinha quente confortável;
- se seu cão tiver por costume permanecer em áreas externas, podem ficar com os pelos compridos, para esquentá-lo, além do que sua caminha não deve ser colocada em local com corrente de ar (se for um local a céu aberto, jamais deixar o pet tomar chuva);
- se você puder, leve seu pet para tomar banho em pet shop, pois com equipamentos profissionais se tem certeza de que os pelos e pele foram totalmente secados (caso você mesmo dê o banho, certifique-se de que houve secagem adequada);
- neste sentido, se notar coceira constante, a pele do pet pode estar ressecada, sendo melhor procurar por um veterinário;

A médica veterinária Fabiana Zerbini é a Virbac do Brasil, empresa fundada originariamente na França, em 1968, pelo médico veterinário Dr. Pierre Richard Dick, ocupando atualmente a 7ª posição no ranking mundial das empresas farmacêuticas veterinárias. Seus produtos e serviços se encontram em mais de 100 países, especificamente produtos biológicos e farmacêuticos, com destaque à linha de produtos dermatológicos, líderes de venda mundial. Para mais maiores informações a respeito da Virbac do Brasil, acesse o site www.virbac.com.br.

Como se nota, não somos apenas nós, seres humanos, que precisamos de cuidados redobrados na época do inverno. Nossos pets podem sofrer igualmente, ou até mais, dependendo das circunstâncias. Portanto, cuidemos deles e fiquemos atentos a qualquer alteração em seu comportamento ou aparência.

Beijos e até semana que vem,




Assuntos Relacionados

0 Comentários :