25/02/2018

,
Muitas mulheres compartilham um sonho em comum: o do casamento tradicional, com vestido branco. Em Sorocaba, faxineira Helen Kubo Albuquerque, de 29 anos, irá transformar seu sonho em realidade durante o 2ª Workshop L’amour Mariage, se casando com o cabeleireiro Diego da Silva, 30 anos. Isso foi possível graças a uma amiga que levou sua história de vida até uma das responsáveis pelo evento, Liliane Leal, que reuniu os fornecedores do workshop para doarem a cerimônia e a festa para o casal durante o workshop.

O casal e seus cinco filhos enfrentaram muitas dificuldades ao longo dos anos, perdendo a casa e todos os seus pertences em um incêndio, além de contarem com a ajuda de amigos e familiares para sobreviver. “Jamais teríamos condições de realizar meu sonho de casar se não fosse a ajuda das pessoas”, avalia a faxineira.

Desde a infância
Quando pequena, Helen usava as camisolas brancas da mãe para brincar que estava casando. “Sempre sonhei com meu grande dia, com o vestido e as pessoas me olhando de branco”, conta. Sua mãe faleceu quando ela ainda era criança e moravam em Apiaí, no vale da Ribeira. Depois disso, ela teve três filhos de dois homens diferentes. “Achei que iria casar com eles, mas não aconteceu”, revela. A faxineira veio com seu pai e sua irmã para Sorocaba em 2010.

Mudança
No mesmo mês em que conheceu Diego, seu pai faleceu. Ela traz no corpo as marcas de facas das brigas que teve com a irmã, que era dependente química. “Foi por causa das brigas com a minha irmã que aceitei o convite de morar com o Diego, mesmo com medo eu aceitei”, explica. O casal teve dificuldades para sustentar os filhos, que o cabeleireiro cuida como se fossem dele.

Helen e Diego tiveram dois filhos e muitos desentendimentos, mas as coisas mudaram quando ele ficou preso por um mês por não pagar a pensão alimentícia do filho que teve com a ex-mulher. “Nessa época ele mudou, me pediu perdão por nossos desentendimentos e se tornou um pai maravilhoso”, conta.

Dificuldades
Em junho de 2016, Helen estava no trabalho quando recebeu uma ligação de familiares informando que a casa que alugava no bairro Júlio de Mesquita Filho estava em chamas com os cinco filhos dentro. “Saí desesperada correndo, mas minha chefe me alcançou com o carro e me levou para casa. Dava para ver a fumaça da avenida Américo Figueiredo, achei que tinha perdido meus filhos”, recorda.

Na casa ela encontrou a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e a imprensa da cidade. Ela ficou em choque, mas depois de algum tempo a avisaram que os filhos estavam sãos e salvos, apenas sua filha caçula tinha uma queimadura no pé.

Depois de perder a casa, móveis, roupas e documentos no incêndio, Helen e a família passaram a viver na cozinha da casa da mãe de Diego. “Estávamos juntando em segredo o dinheiro para nos casarmos, pois meu marido queria muito realizar meu sonho, mas tivemos que usar como caução para alugarmos outra casa, então meu sonho acabou mais uma vez”, desabafa a faxineira. O casal mobiliou a casa com doações de familiares e ajuda de amigos.

Futuro
Quando Helen soube que se casaria de graça, demorou para acreditar. “Recebi um telefonema confirmando meu casamento e dei um grito dentro do trabalho, rezei tanto por isso e está acontecendo”, diz. O casal ganhou as roupas, a cerimônia, decoração e a festa completa para os familiares mais próximos. “Agora queremos dar outro passo, juntar dinheiro para conseguirmos uma casa, um lugar para nossa família viver em paz”, finaliza.

O evento
O Workshop L’amour Mariage será realizado em Sorocaba no dia 4 de março, no Dom Brunello. O evento, que aposta em ofertas e em novidades do segmento para atrair os noivos, tem entrada gratuita mediante a doação de um quilo de alimento não perecível. As inscrições devem ser feitas através do telefone (15) 99736-3321 ou no e-mail organizacao@lamourmariage.com.br

Entre as novidades, estão os vestidos de noiva que seguem a tendência de 2018 com transparência em alta, mas na medida certa. Seguindo a moda de danças coreografadas, o evento irá trazer a valsa maluca, que traz toda a família a participar de um momento que antes era somente do casal.

Haverá também opções de estética e beleza, como o tratamento no qual a noiva poderá perder até 15 quilos para entrar no vestido que sempre sonhou. Já para as noivas mais cheinhas que estão felizes com seu peso, haverá opções em vestido plus size. E noivos vegetarianos e veganos encontrarão opções para buffet que respeitam sua escolha alimentar.

SERVIÇO

Data: 4 de março de 2018
Horário: das 15h às 21h
Local: Dom Brunello, na rua Laura Maiello Kook, 1130, bairro Ipanema das Pedras, Sorocaba
Entrada: gratuita mediante a doação de um quilo de alimento não perecível
Inscrições: (15) 99736-3321 ou no e-mail organizacao@lamourmariage.com.br

01/02/2018

,
Eu já estou sentindo o clima de carnaval no ar, já que esse ano vou sair pela primeira vez numa escola de samba. Eu tô na pista, mas e você aí que namora ou é casada? Tem chance de término durante essa época? Pesquisas comprovam que o carnaval é a temporada em que há mais rompimentos afetivos, seguido pelo dia dos namorados e réveillon.

Essa festa genuinamente brasileira representa uma fase de liberdade, onde muitos consideram propícia para extravasar suas fantasias e seus desejos.

E quem é que consegue resistir? Convites para blocos de rua, viagens, bailes em grandes clubes, cruzeiros temáticos e até mesmo o clima da ocasião fazem com que os casais se separem. E tudo pela busca da curtição sem maiores dores de cabeça.
Nessa época moderna é claro que a internet também entra na jogada. As plataformas de relacionamentos são ótimas pontes de encontro entre esses foliões que procuram por parceiros ou parceiras com essa mesma intenção.

Com dois anos de atuação e cerca de 400 mil inscritos em todo o território nacional, o site de relacionamento Meu Patrocínio tem registrado um aumento de 10% no número de usuários neste período entre janeiro e fevereiro.

Jennifer Lobo, matchmaker e CEO do site, atribui esse crescimento aos fins dos compromissos sérios e à busca por pessoas novas e interessantes, com as quais a festa possa ser curtida de maneira diferente.

Mas a culpa é só do carnaval?

A matchmaker explica que o carnaval pode ser um motivo, mas certamente só os casais com um compromisso afetivo desgastado rompem por conta disso.

O carnaval acaba sendo o estopim para o término de relacionamentos que já geravam questionamentos e que não estavam bem. Uma pequena discussão a respeito daquilo que se pretende fazer durante a fase de festas ganha força e são estimuladas pelo clima carnavalesco”, afirma Jennifer.

Ela ressalta que as frustrações latentes vêm à tona e promovem essas rupturas, portanto, deve haver maturidade para evitar arrependimentos posteriores.
A proposta do Meu Patrocínio, que é a de unir pessoas bem-sucedidas a pares inteligentes, ambiciosos e compatíveis ao estilo de vida do outros, partiu da certeza de que a transparência e a honestidade quanto ao que se espera são excelentes maneiras de fazer com que a relação tenha sucesso.

Mentiras, falta de diálogo e possessividade, tão comuns durante o carnaval, não encontram espaço na plataforma e nem mesmo na saúde das relações.

E por terem pessoas cientes disso que o site é muito procurando para quem terminou uma relação e busca companhia sem cobranças inúteis, com foco em aproveitar a folia”, finaliza Jennifer.

Serviço:

Meu Patrocínio – www.meupatrocinio.com

(Eu já me cadastrei, estou na fila de espera, vai que encontro meu Sugar Dad)

Follow Us @belezaf5