IMG_0162.JPG
                                                                           Foto: Elias Nogueira

Vem chegando o carnaval, e a feijoada mensal da Tia Surica promete ser muito animada! No sábado 8 de fevereiro, a partir das 14h, a quadra do G.R.E.S. Difícil é o Nome, em Pilares, vai ficar pequena para os fãs da pastora da Portela e de seu delicioso feijão com tempero de samba. A entrada é grátis. O público fiel só paga a feijoada – R$ 25 – e a bebida que consumir.
 A alegria é livre e para ser compartilhada! Por isso, convidados são sempre bem-vindos. Nunca faltam artistas para dividir o microfone com Tia Surica, se deleitar com sua farta feijoada e curtir sua calorosa acolhida. Aliás, essa calorosa acolhida nos leva a outra marca pessoal da Tia Surica, além da famosa feijoada: seu inseparável leque, que a acompanha para todos os lugares – das casas de show às quadras de escolas de samba. Até porque feijoada e samba fazem mesmo a temperatura subir! É muita animação! Então, levem os leques!
 Se na receita da feijoada, não faltam linguiça, paio e carne seca, na receita do samba não faltam sambas de Candeia, Paulinho da Viola, Zeca Pagodinho, Velha Guarda da Portela, Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Teresa Cristina e memoráveis sambas-enredo. Olha o termômetro subindo aí, gente!
 A estreia da Feijoada da Tia Surica e sua famosa roda de samba na quadra do G.R.E.S. Difícil é o Nome foi em novembro de 2019, quando a pastora aproveitou para comemorar o aniversário dela com três coisas de que ela mais gosta: samba, feijoada e amigos. As três primeiras edições – novembro, dezembro e janeiro – foram sucesso. Que ele se repita no dia 8 de fevereiro!

E a feijoada foi parar em Pilares...
Tia Surica recebeu com muita alegria o convite da Difílcil é o Nome – por meio do diretor social da escola, Valtinho Botafogo – para fazer a sua tradicional feijoada e roda de samba uma vez por mês na quadra da agremiação. Como todo mundo sabe, a feijoada para 300 pessoas é sempre preparada pela própria baluarte da Portela e é uma homenagem a Tia Vicentina, inspiração de Paulinho da Viola no samba “Pagode do Vavá”.
 “Meu amigo Valtinho fechou comigo, e eu só tenho a agradecer pelo espaço que cedeu para nossa feijoada. Estamos juntos e misturados”, empolga-se Tia Surica com a retomada de seus agregadores eventos graças ao companheiro da Portela. Valtinho, aliás, é um dos compositores do samba-enredo que a escola de Oswaldo Cruz vai levar para a Sapucaí em 2020.
 Sobre o G.R.E.S. Difícil é o Nome
O G.R.E.S. Difícil é o Nome, fundado em 1973, desfilou, este ano, na série C do Carnaval Carioca e, em 2020, estará na Divisão Especial da Intendente Magalhães, em Madureira.

A Feijoada da Tia Surica & Convidados faz parte de uma série de projetos que o diretor social da Difícil é o Nome, Valtinho Botafogo, está planejando para levantar a escola. Além de eventos como a feijoada com roda de samba, ele – que é engenheiro e microempresário e faz tudo por paixão à agremiação – pretende também fazer ações sociais para atrair a comunidade em parcerias com ONGs. Ele também inscreveu a escola na Lei do ISS, para poder captar recursos por meio da lei de incentivo. Entre as muitas ideias de Valtinho, está a criação de uma roda de samba de terreiro. O que não falta a ele são projetos e vontade para realizá-los!
 Serviço:
Feijoada da Tia Surica & Convidados

Data: 8 de fevereiro (sábado)
Horário: a partir das 14h
Local: G.R.E.S. Difícil é o Nome
Endereço: Av. Dom Hélder Câmara 6.990 – Pilares
Entrada grátis
Feijoada: R$ 25
Informações e reservas: (21) 96906-6913