Neste momento em que as crianças estão em casa e a prioridade é o ensino à distância por conta do Covid-19, as alternativas para melhorar a performance nos estudos são fundamentais. O Dynamo, que é um  app israelense desenvolvido para as crianças em Android ( de 6 a 12 anos) e pais em iOs e Android desafia os pequenos a responder perguntas de acordo com a sua faixa etária todas as vezes em que o smartphone é aberto.

"As crianças usam o celular cerca de 25 vezes por dia e se formos computar que a cada vez eles têm que responder uma pergunta sobre matérias como inglês, matemática, geografia, conhecimentos gerais entre outras temos a dimensão do quanto importante é poder proporcionar esta experiência para o seu filho ou filha", comenta Nim Bar-Levin, CEO do Dynamo acrescentando que perguntas e respostas sobre o Covid-19 baseadas nas informações fornecidas pela OMS - Organização Mundial de Saúde, também foram inseridas para conscientizar mais os pequenos. 

Como funciona

O app precisa ser baixado pelos pais e pela criança.  A versão infantil funciona como um jogo e traz perguntas sobre diversas áreas do conhecimento e sentimentos. Para desbloquear a tela do celular é preciso responder a essas questões. A versão dos pais permite a escolha das questões e acesso às respostas e desempenho dos filhos.

Os pais, ao longo do tempo vão percebendo como é a performance de seus filhos em relação às diferentes matérias e também em relação às crianças da mesma idade em sua região e em diversos países. Outra funcionalidade importante do app são as questões para detectar se os pequenos estão bem, como por exemplo, se sentem felizes ou tristes, se a relação com os amigos é boa, entre outras que permitem inferir se a criança não está bem do ponto de vista de seu conforto mental.
Sobre o Dynamo
O aplicativo já está disponível em 10 países. A startup foi fundada em Israel, em 2018, por Orr Kowarsky, CTO, e Nim Bar-Levin, CEO e tem como um de seus investidores o gestor do fundo de investimentos Founders Kitchen e fundador do Waze, Uri Levine. O app funciona em  em diversos países como Israel, Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Índia, Portugal, África de Sul e Brasil, Ucrânia e Polônia.
Em 2019, o app proporcionou mais de 10 milhões de interações positivas para crianças no mundo todo.