Primeiro álbum do músico sorocabano traz faixas que falam sobre a vida corrida 

Foto: Kayan Viana 


Do samba para uma salada musical de boníssima qualidade. Marcus Alves, jovem sorocabano é originalmente do ritmo brasileiro e começou sua carreira bem cedo. Na adolescência comprou um baixo-elétrico e o desejo por montar bandas aflorou. O músico que integra o selo Lastro Musical (que tem como criador o produtor musical Ítalo Riber) lança seu álbum “Queda Pra Cima” no dia 26 de novembro nas principais plataformas digitais. 

 Com influências do jazz, pop, rock, groove, soul e música eletrônica, as faixas resultam num som muito convidativo e marcante. A data de lançamento não é à toa, e sim uma forma de celebrar o mês da Consciência Negra. 

 O álbum conta com 10 faixas e conta com temas que falam de depressão, amor e o estilo de vida corrido. Para completar a singularidade do som, “Queda pra Cima” tem a participação de artistas como Kodux, Ananda Jacques, Bruno Cons e Renan Brenga. 

 Vale destacar que Alves, também compositor, trabalhou com produção de eventos e foi fundador de alguns espetáculos sorocabanos memoráveis, o Visceral Sessions e o Condado Records. 

 Dando uma pausa na música de 2017 até 2019, o músico volta reinventado pela primeira vez como frontman, sem abandonar seu inseparável baixo, para realizar o EP Cores e Corres com novas influências, idéias e propósitos. Marcus tem a expectativa de atingir mais público comparado ao último EP. “Quero sempre levar uma sonoridade nova, uma coisa nova... e para projetos futuros o desejo é trazer um cenário artístico, teatral no som”. 

 A banda conta com Zana (MPD e programações), Maresia (guitarra), Augusto Martins (teclado) e na voz, Marcus Alves. Abaixo as 10 faixas do álbum: 
 1- Decifração 
 2- Lúcido 
 3- Mas 
 4- O Que Fere (part. Ananda Jacques) 
 5- Queda Pra Cima 
 6- Sorotown 
 7- Rélo (part. Kilombo) 
 8- Sideral 
 9-Súi 
 10- Velho Hábito (part. Renan Brenga & Kodux) 

 O clipe de “Queda Pra Cima” está disponível no Youtube, com direção de Arthur Matheus https://youtu.be/mCp0E7j4eg0. 

Sobre o Selo Lastro Musical - Ítalo Riber é criador do selo que surgiu da necessidade de existir algo ou alguém que pudesse colaborar com as bandas da região de Sorocaba, fazendo com que potencializasse tais trabalhos de grandes músicos e bandas.