O Atleta conta que apesar de ser leal e entregue em seus relacionamentos, não se encaixa no padrão de príncipe encantado que as mulheres idealizam.

Foto: Divulgação

grande realidade nos dias de hoje é que cada vez mais as pessoas tem enxergado o efeito significativo que a sociedade machista causa. É de certa forma um conforto para todos ter a percepção de progresso mesmo que o desenvolvimento seja lento e o quão importante não só as mulheres, mas os homens também, levantarem essa bandeira tão dura e valorosa. 

 

Um dos resultados que encontramos nesse movimento é que tão pouco se acredita na veracidade da intenção de um homem em uma amizade com uma mulher sem que haja uma tensão sexual. 

 

Gabriel comenta sobre esse tabu e dá sua opinião sobre amizade entre homem e mulher: 

 

Eu acho que as pessoas que falam isso não gostam de fato de mulheres. Elas podem até gostar sexualmente de mulheres, mas elas não admiram, elas não conseguem conceber a ideia de uma mulher ser amiga, de gostar da presença dessa pessoa, ou de gostar de se confidenciar com essa pessoa. Geralmente as pessoas que falam isso são homens que se dizem heterossexuais mas que de fato não gostam de mulheres.

 

influencer assume não ser mulherengo e sium cara livre que se relaciona com pessoas livres, desde que seja com sinceridade e consentimento, mas diz ainda ter dúvidas sobre ter adquirido maturidade afetiva suficiente:

 

Não sei se eu me tornei uma pessoa madura o suficiente, acho que é sempre legal consultar a parceira nesse sentido. No entanto, acho que os relacionamentos que a gente tem são a melhor forma da gente aproveitar, aprender e se tornar cada vez mais sereno afetivamente.” explica ele. 


Foto: Divulgação

Aglio lamenta desrespeito existente vindo dos homens e mostra não ser a favor de atitudes controladoras para cima da parceira, seja pela maneira em que ela se comporta nas redes sociais ou pelas escolhas de roupas do dia a dia: 

 

Na minha interpretação existem dois tipos de homens: os que acham que a mulher é subordinada e os que acham que a mulher é como todo ser humano deveria ser, livre, insubordinada. Eu me encaixo nesse segundo exemplo e isso significa que ela tem as vontades dela, o corpo dela, as paixões dela e eu não tenho nada a ver com isso, mas se me perguntar, eu acho incrível as mulheres que expõem a sua independência.”


Foto: Divulgação


O Atleta é questionado sobre ser romântico e finaliza nosso papo contando um pouco sobre ser impossível ninguém nunca ter presenciado uma mulher sendo desrespeitada e atacada através de atitudes machistas:

 

Me considero um cara leal e entregue nos meus relacionamentos. Mas não sou príncipe encantado. E acho que dificilmente uma pessoa que vive numa sociedade machista como a nossa não presenciou uma situação de desrespeito, mas me esforço cotidianamente pra poder perceber essa situação e jamais reproduzir nenhum tipo de atitude dessas.